Ciência e Saúde

Dez motivos para você ter uma vida sexual ativa

Escrito por Pesquisa Web em 12 de Janeiro de 2019
[Dez motivos para você ter uma vida sexual ativa]

Uma vida sexual ativa garante vários benefícios para a saúde. De acordo com o urologista Emilio Sebe Filho, da Lifemen, o sexo proporciona uma melhora na qualidade emocional e física do indivíduo. 

As vantagens do sexo para o organismo já são comprovadas por pesquisas científicas. Confira 10 benefícios de ter uma vida sexual ativa:

1 - O sexo alivia o estresse. Uma pesquisa feita com 24 mulheres e 22 homens publicada na revista Biological Psychology mostrou que depois da prática sexual a pressão baixa e o estresse diminui mesmo quando as pessoas são submetidas a situações tensas. Do grupo estudado, aqueles que mantiveram relações, quando submetidos a situações como falar em público ou fazer contas de matemática em voz alta, ficaram menos abalados.

2 - Aumenta a imunidade. Ter uma boa saúde sexual reflete também em toda a saúde de um modo geral. Fazer sexo duas vezes na semana está ligado a taxas maiores dos anticorpos chamados imunoglobinas. Cientistas da Universidade de WilkesBarre provaram isso recolhendo amostras de saliva de 112 estudantes que relataram a frequência com que praticavam sexo. No grupo onde a frequência era maior havia taxas mais altas dos anticorpos.

3 - Queima calorias. Em 30 minutos de sexo você queima 85 calorias ou mais. Pode não parecer muito, mas em 42 sessões de meia-hora você queimará 3.570. Ou em 21 sessões de uma hora. Que tal?

- Sexo é o mais agradável dos exercícios - diz Patti Britton, sexóloga e presidente da Associação Americana de Educadores da Sexualidade.

4 - Melhora a saúde do coração. Esqueça o medo de infartar durante o ato sexual. Um estudo publicado na Revista de Epidemiologia e Saúde Comunitária da Inglaterra, cientistas descobriram que a frequência da prática não estava associada a enfartes. Eles acompanharam 914 homens durante 20 anos. E mais: perceberam que fazer sexo duas ou mais vezes na semana reduz o risco de um ataque fatal do coração à metade se comparado aos homens que fazem menos sexo, como uma vez por mês.

5 - Melhora a autoestima. Esta é uma das 237 razões pelas quais as pessoas fazem sexo, mostrou um estudo da Universidade do Texas.

- Uma das razões que leva as pessoas a fazerem sexo é sentirem-se bem com elas mesmas - diz Gina Ogden, terapeuta sexual. - O sexo bom começa com uma boa autoestima. Se há amor, conexão ou o que for a mais, esta autoestima só aumenta.

6 - Aumenta a intimidade. Fazer sexo e ter orgasmos aumenta os níveis do hormônio ocitocina, chamado de hormônio do amor. Pesquisadores da Universidade de Pittsburgh e da Universidade da Carolina do Norte estudaram 59 mulheres na prémenopausa antes e depois de contatos mais íntimos com seus maridos. Aquelas que tiveram mais contato apresentaram níveis maislo altos de ocitocina.

7 - Reduz a dor. Quando os níveis de ocitocina aumentam, a endorfina também aumenta e a dor diminui. Para quem tem dor de cabeça, artrite, TPM, praticar o sexo pode ser um santo remédio. Num estudo publicado no Boletim de Biologia Experimental e Medicina, 48 voluntários inalaram o hormônio ocitocina e, num teste, tiveram a sensação de dor dimuída à metade.

8 - Diminui o risco de câncer de próstata. Cientistas australianos mostraram que ejacular com frequência diminui o risco de se desenvolver um câncer de próstata. A pesquisa acompanhou homens aos 20, 30, 40 e 50 anos. Aqueles que relataram ejacular cinco ou mais vezes na semana aos 20 anos tiveram 30% a menos de risco de ter a doença.

9 - Melhora a musculatura pélvica. Quanto mais praticar a atividade sexual, mais se trabalha a musculatura do períneo e melhor fica a relação sexual. Há outra vantagem: ter uma boa musculatura diminui os riscos de ter incontinência urinária na velhice.

10 - Ajuda a dormir melhor. A ocitocina liberada durante o orgasmo também melhora as noites de sono e dormir bem à noite traz outra série de benefícios à saúde. Fonte: O Globo*

Compartilhe!