Nota de Falecimento

Morre aos 52 anos a capoeirista Ritinha da Bahia, referência da capoeira Angola

Escrito por Pesquisa Web em 22 de Janeiro de 2019
[Morre aos 52 anos a capoeirista Ritinha da Bahia, referência da capoeira Angola]

Morreu na última segunda-feira, 21, a mestre e capoeirista, Ritinha da Bahia, aos 52 anos. Ritinha começou a carreira de capoeirista em 1983 e era referência feminina da capoeira Angola. Ela também foi uma das primeiras mulheres a fazer parte do grupo de capoeira do falecido Mestre João Pequeno, grande referencial de luta e de vida em defesa da capoeira e discípulo do importante Mestre Pastinha.

Ritinha foi vítima de um câncer no estômago e há poucos dias estava internada no Hospital Roberto Santos. O sepultamento acontece nesta quarta-feira, 23, às 10hrs, no Cemitério Quintas do Lázaro, na Baixa de Quintas.

Através das redes sociais, amigos e conhecidos se manifestaram com a perda da mestra. "Descanse em paz Mestra Ritinha. Que os ancestrais te acolham na nova morada com o apreço merecido.

A conheci em dezembro de 1999 nos festejos pelo aniversário de seu Mestre João Pequeno de Pastinha. Dona de uma Capoeira firme, espelho de sua atitude na roda da vida... Que Deus conforte o coração da sua família, meus respeitos e sentimento. Paz e bem". Informações do A Tarde*

Ritinha da Bahia foi uma das primeiras mulheres a fazer parte do grupo de capoeira do importante Mestre João Pequeno.

Compartilhe!